Morre Steve Strange, vocalista do Visage


  O músico galês Steve Strange, conhecido como um pioneiro do movimento neo-romântico dos anos 1980 e vocalista do grupo pop eletrônico Visage, morreu na última quinta-feira, 12 de fevereiro, em decorrência de uma falha cardíaca, em um hospital em Sharm el-Sheikh, no Egito, aos 55 anos de idade.
  O comunicado do falecimento do cantor foi feito atrás da página oficial do Visage no Facebook:
Estamos extremamente tristes por anunciar que Steve Strange morreu às 11h15 [horário local] desta quinta-feira, 12 de fevereiro, no Hospital Internacional Sharm El Sheik. Steve morreu enquanto dormia após uma falha cardíaca. A família e membros da banda de Steve estão desolados com esta notícia repentina da morte prematura dele. A família pede privacidade neste momento difícil."
  Antes de formar o Visage, no final dos anos 1970, Steve Strange esteve também envolvido no movimento punk, tocando em bandas como os Moors Murderers e chegando a colaborar com Malcolm McLaren, ex-empresário do Sex Pistols, banda responsável por despertar o interesse do cantor pela música.
  O vício em heroína causou estragos na vida de Strange, que começou a ter problemas de saúde, principalmente respiratórios, e foi condenado por pequenos furtos em lojas.

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário