Guns N’ Roses: Steven Adler volta a cogitar reunião da formação clássica


  O músico norte-americano Steven Adler, ex-baterista do Guns N' Roses, participou recentemente do podcast One On One With Mitch Lafon, onde voltou a cogitar uma reunião da formação clássica da banda.
  Adler, que há anos enfrenta problemas pelo uso de drogas – motivo pelo qual foi expulso do grupo, e recentemente foi internado pelo abuso de álcool, comentou:
Estou há 404 dias sóbrio. Nunca me senti tão feliz, nem toquei melhor antes. Se fizermos uma reunião e gravarmos um disco, ele fará 'Appetite For Destruction' [de 1987] comer poeira. Quando fizemos este álbum, éramos adultos há apenas 3 ou 4 anos. Agora, passamos por uma verdadeira montanha russa de emoções e experiências. Tenho muito a dizer e sei que os outros também. Poderíamos fazer algo matador."
  O baterista também comentou a recente opinião do atual guitarrista do Guns Richard Fortus, que afirmou que o vocalista e único membro original do grupo Axl Rose nunca faria uma reunião apenas por dinheiro.
Se ele [Axl] precisa de motivos, tenho um bilhão deles. São as pessoas que nos amam e apoiam em todo o mundo. Elas querem nos ver, mais do que qualquer coisa. Seria algo para eles, definitivamente. Vivemos os nossos sonhos. Experimentamos o que há de bom e ruim. Devemos algo aos fãs."
  Ouça abaixo a entrevista completa, em inglês.



Adler

  Atualmente Steven Adler lidera a banda Adler, que conta ainda com Jacob Bunton (Lynam / Mars Electric) nos vocais, Lonny Paul (Adler's Appetite) na guitarra, e Johnny Martin (Chelsea Smiles) no baixo. O grupo lançou seu álbum de estreia, "Back From The Dead", em novembro de 2012, e, após uma pausa em suas atividades devido a internação de Steven, entrou em estúdio em dezembro de 2014, e prometeu novidades para este ano.



Leia também:
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário