3 álbuns com Ligiana Costa (NU)

Foto por Amanda Moraes
  "3 álbuns com..." é a mais nova série do BPT!, onde convidaremos músicos dos mais diversos gêneros para listar 3 de seus álbuns preferidos e comentar sobre sua ligação com os trabalhos. O objetivo é ampliar e diversificar nossos catálogos musicais. Sem falar que é legal saber o que anda tocando nos ouvidos dos músicos que escutamos, né?!
  A nova participante da nossa grande lista é a cantora e compositora Ligiana Costa, do duo de música eletrônica NU, que chegou com alguns discos que marcaram sua vida e são indispensáveis em sua playlist. Ao lado de Edson Secco, a artista lançou recentemente o álbum de estreia do projeto, o homônimo "NU".
  Confira abaixo a participação da Ligiana na "3 álbuns com...".

3 álbuns com Ligiana Costa (NU)

  Aqui vai minha lista de três discos imprescindíveis na minha existência! Os três fazem parte de toda minha vida, diria que desde a infância. Atualmente, com o disco do NU (meu atual trabalho, em parceria com Edson Secco) me aproximei um pouco mais da música eletrônica também, mas estes aqui são alguns dos meus incontornáveis!
  Espero que Botem Pra Tocar também nos seus players!

Milton Nascimento e Lô Borges - Clube da Esquina [1972]

  Considero este disco um dos mais belos da humanidade. Nele habitam todos os elementos que me comovem na música: poesia corajosa, composições e arranjos atemporais, política, experimentalismo, doçura e profundidade. Ouço este disco desde minha infância e seguirei ouvindo, a cada vez com novas descobertas, sob novos olhares. Wagner Tiso, Nelson Angelo, Deodato, Bituca, Lô Borges, Robertinho Silva, Toninho Horta... um time único e num momento único de suas vidas, o canto do Milton aqui é a pérola negra do Brasil profundo das Minas secretas. E as Minas tem sofrido tanto, né? Para quem quer se soltar, dançar nu em casa num domingo de sol ou chuva, este é o disco para se lançar e amar o Brasil no lugar mais puro e poético dele (eu especialmente amo dançar sozinha "Um Girassol da Cor do Seu Cabelo").

Onde comprar? Digital: iTunes

Camille - Le Fil [2005]

  Eu morava na França quando Camille lançou este disco e para mim foi como um vento novo entrando em uma casa antiga. Camille é herdeira da chanson francesa mas conseguiu ressignificá-la, criando, se jogando na beleza dos ritmos que se ouvem pela França vindos de tantos países e fazendo um tipo de poesia que gosto muito, meio surreal, meio cinematográfica. O disco inteiro tem uma nota (le fil, o fio) do início ao fim dele, as canções vão brotando desta nota, isso é genial. Soube pelo Raphael Jonin (que masterizou este disco e também o meu primeiro, "De Amor e Mar") que a gravadora queria apagar esta nota porque achava que Camille tinha ficado louca, mas ela e o próprio Raphael bateram o pé e a nota - genial - ficou! A forma de usar a voz de Camille também é muito inspiradora, porque é plural, fora de lugares comuns. Para mim é um disco de "criadora" e é isso que buscamos também com o NU, a criação livre.

Onde comprar? Digital: iTunes

Cantus Cölln e Konrad Junghänel - J.S. Bach: "Actus tragicus" [2000]

  Bach é um dos grandes pais da música ocidental. Eu, que estudei música barroca e até hoje de certa forma me dedico a ela, tenho em Bach e Monteverdi duas entidades do Olimpo. Nesta cantata, "Actus Tragicus", toda a tragicidade e inquietação da existência humana parece encontrar suas tradução musical. Uma vez cantei esta cantata num festival e passei um mês chorando ao me lembrar da forma como Bach traduz a inexorável lei humana. "Es ist der alte Bund : Mensch, du musst sterben" (esta é a lei superior, homem, você deve morrer). E logo depois um momento de pura metafísica e entrega espiritual, com um melisma extremamente sensual, (independente de crenças, sugiro mesmo ouvir esta música num lugar com luzes apagadas): Ja, komm, Herr Jesu, komm! ("Venha, senhor Jesus, venha!")

Onde comprar? Digital: iTunes

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

  Gostaram das indicações da Ligiana Costa? Deixem seus comentários, e continuem ligados aqui no Bota Pra Tocar! para as novas indicações da série "3 álbuns com...". Vocês podem se surpreender com o que vem por ai, e  acabar descobrindo uma nova banda preferida!
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário