O Teatro Mágico inicia campanha de financiamento coletivo para nova turnê e prepara novo álbum

Foto por Anderson Moreira
  A banda paulista O Teatro Mágico está em estúdio finalizando seu novo álbum de inéditas, ainda sem título revelado, e, além disso, vem planejando sua próxima turnê, com a intenção de se apresentar em mais cidades e com a mesma qualidade e estrutura que nos shows das grandes capitais.
  O grupo resolveu voltar às origens, e pretende adquirir sua própria estrutura de som, luz e box truss, ganhando ainda mais autonomia e dependência exclusiva com o público. Assim, abrem-se possibilidades de visitar mais cidades, e apresentar o show com a mesma qualidade e com um custo menor.
  A fim de subir esse picadeiro, o grupo deu início à uma campanha de financiamento coletivo através do site Catarse. A proposta consiste em obter apoio de pessoas que se interessem em investir capital no projeto. Os apoiadores receberão diversas recompensas, que variam de acordo com o valor contribuído. As recompensas oferecidas pelo OTM vão desde ingressos para shows até cópias do novo álbum, participação em um sarau virtual, viagens com a trupe, além de kits com CDs antigos, camisas, adesivos e muito mais. Uma outra surpresa será um show exclusivo do álbum "Entrada Para Raros", lançado em dezembro de 2003, revivendo a experiência e a atmosfera das primeiras apresentações d'O Teatro Mágico.
  Sobre o novo álbum, sucessor de "Grão do Corpo", de 2014, o frontman Fernando Anitelli comenta:
Tenho o pressentimento que o quinto álbum de músicas inéditas do Teatro Mágico vai ser o maior álbum da minha vida. Enquanto de um lado ele dialoga com a forma clara, simples e singela que sempre compus desde criança, de outro, ele aponta para o futuro. Com um som moderno, cheio de camadas e características que nunca conseguimos produzir antes, estamos criando uma sonoridade contagiante e pra cima."
  Para concluir o projeto, o grupo precisa juntar ao todo R$ 100.000,00, até o dia 18 de março. O dinheiro será gasto com quatro parcelas de equipamentos de som, luz e estrutura (R$ 71.664); taxa do Catarse (R$ 12.000), imposto (R$ 5.000), produção e envio das recompensas (R$ 9.336); produção de vídeos da campanha (R$ 1.000) e publicidade no Facebook (R$ 1.000).
  Para conhecer e fazer parte do projeto, com valores a partir de R$ 35,00, basta acessar aqui.

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário