Música da Semana: Under the Sun - Age of Artemis



UNDER THE SUN

  No ano de 2014, a banda Age of Artemis lança seu segundo álbum, consagrando assim sua marca no metal melódico nacional. "The Waking Hour" é repleto de melodias marcantes, riffs fortes e percussões "abrasileiradas", como podemos perceber logo ao final da primeira faixa do álbum, "Penance", faixa essa que serve de introdução a "Música da Semana" dessa semana.
  "Under the Sun" mostra logo em seu começo que é possível sim a junção de detalhes tipicamente brasileiros e poderosos riffs e bases de power metal/metal melódico. A música como um todo nos revela um identidade típica que se assemelha a de um país muito bem conhecido por todos nós.

"Mais um dia... à procura de comida que eu não poderia encontrar
Não há nada para me firmar, mas, um choro desesperado, promessas de hipócritas...
Com sede de novo, morrendo de fome eu vejo algo que você não pode esconder
Esperando respostas que não posso controlar, enquanto os políticos sorriem novamente"

  Assim como na letra, é possível sentir a indignação em cada palavra proferida, talvez até por sermos capazes de sentir todas essas "respostas que não podemos controlar" enquanto alguns não param de ter motivos para sorrir.

"Sob o sol eu posso sentir a dor queimando dentro de minhas veias
Qual é o meu pecado? Não há como escapar, sem chuva novamente"

  Enquanto caminhava pela rua, já passaram pensamentos pela cabeça como "Por que tenho lidar com todo esse trabalho? Por que, quanto mais trabalho, mais sofro? Não era para ser ao contrário? O que fiz de errado?"? A realidade nos traz a sensação de impotência, de estagnação, essa realidade nos traz sensação lutas em vão.

"Outro dia morrendo como soldados. Isso é uma guerra?
Vivendo como animais. Queremos mais!
Eu mal posso andar. Estou começando a entrar em colapso, não há nada para mim"

  Viver a base de migalhas, sendo obrigados a contentar se com pouco, é essa realidade que queremos ter? É essa realidade que queremos deixar?

"Sob o sol olhando para o céu, você não parece se preocupar conosco
Você nos abandonou hoje?"

  Todos os retrocessos nos fazem refletir sobre o peso que sentimos, seria obra de nossos superiores, obra de superiores de nossos superiores ou até mesmo uma obra divina? Tudo isso está valendo a pena?

"Mais um dia, as mães e os bebês vão morrer hoje
A morte é uma bênção neste mundo cheio de dor
Meus olhos estão secos, não há mais lágrimas
O silêncio é tudo que eu ouço!"

  Não é fácil andar debaixo do Sol, através das calçadas, observando a dor de um ser humano largado, sozinho, abandonado. Essa é a realidade, realidade que talvez seus filhos não vejam, estamos cansados de lamentar, não há mais lágrimas para chorar, queremos, na verdade..., um legado deixar.

"Nós somos insanos para morrer em vão?"

  Ouça "Under the Sun" no player abaixo.



Onde ouvir "The Waking Hour"? Deezer / Spotify
Onde comprar "The Waking Hour"? Loja Oficial (físico) / iTunes (digital)

Texto por Luis Afonso.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário